BCE: taxas de bancos avançam com juro básico, mas seguem abaixo da tendência histórica -

Os bancos da zona do euro têm aumentado as taxas de depósitos desde meados de 2022, em resposta à série de elevações de juros implementadas pelo Banco Central Europeu (BCE), que totalizaram 450 pontos-base no período. Os juros sobre novos depósitos a prazo tiveram acréscimo de 372 pontos-base desde então, enquanto os de depósitos overnight avançaram 50 pontos-base. Essas taxas, porém, seguem abaixo da tendência histórica, principalmente no caso de depósitos overnight das famílias, segundo artigo do BCE que integra o próximo boletim econômico mensal da instituição.

Em outubro de 2023, a taxa de juro média anual sobre depósitos a prazo com vencimento de até dois anos oferecida às empresas do bloco era de 3,70% e às famílias, de 3,27%. O spread em relação ao principal juro básico do BCE era de -30 pontos base para empresas e de -73 para famílias, diz o artigo.

No caso de depósitos overnight, a remuneração continua significativamente abaixo do juro básico. Essa diferença foi particularmente mais notável em outubro do ano passado do que no período de 2007 e 2008, mas comparável ao ciclo de 2000, acrescenta o texto.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes