Lucro ajustado da Ourofino cai 50,2% no 4º tri de 2023, para R$ 23,1 milhões

A Ourofino Saúde Animal obteve lucro líquido ajustado de R$ 23,1 milhões no quarto trimestre de 2023, informou a companhia na quinta-feira, 7, depois do fechamento do mercado financeiro. O resultado representa queda de 50,2% ante igual período do ano anterior, quando a companhia lucrou R$ 46,3 milhões.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado caiu 43,1% na mesma comparação, passando de R$ 69,6 milhões para R$ 39,6 milhões.

A receita líquida diminuiu 13,1%, para R$ 280,6 milhões. A margem bruta foi de 42,9%, redução de 8,1 pontos porcentuais em relação a igual trimestre do ano anterior.

No segmento de animais de produção, a receita líquida diminuiu 17,2% no quarto trimestre, para R$ 198,1 milhões. A margem bruta no segmento caiu 9,5 pontos porcentuais, para 37,1%. Em comunicado, a empresa disse que as vendas da unidade foram afetadas principalmente por vendas menores de produtos para reprodução e vacina contra febre aftosa, principalmente na região Centro Norte do País.

A receita líquida em animais de companhia somou R$ 41,5 milhões, aumento de 10,7% em relação ao quarto trimestre de 2022. A margem bruta caiu 3,4 pontos porcentuais, para 65,1%.

Segundo a Ourofino, a retomada do crescimento da receita no trimestre refletiu a intensificação de ações de demanda, o reposicionamento de preço de linhas específicas e a receita incremental de novos produtos.

As operações internacionais registraram receita líquida de R$ 41 milhões no quarto trimestre, com redução de 10,9% na comparação anual. A margem bruta foi de 49%, diminuição de 11 pontos porcentuais ante igual trimestre de 2022.

O resultado financeiro líquido no quarto trimestre de 2023 ficou negativo em R$ 2,4 milhões, em comparação a um resultado negativo de R$ 9,5 milhões um ano antes.