Dirigente do Fed diz ver política monetária funcionando e oferta ajudando na queda da inflação

A presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de São Francisco, Mary Daly, defendeu que a política monetária está funcionando e contribui para uma queda sustentada da inflação nos Estados Unidos, junto a normalização da economia e das cadeias de oferta. Daly ainda comentou que há recuperação e melhora na oferta de mão de obra, mesmo com a recente desaceleração do mercado de trabalho.

"A inflação caiu muito nos últimos meses e as expectativas inflacionárias estão bem ancoradas", apontou a dirigente, no podcast Macro Musings.

Questionada sobre as turbulências bancárias do ano passado, Daly afirmou que o episódio foi um "grande alerta" sobre como bancos médios e pequenos podem representar riscos sistêmicos para o setor financeiro, não somente os grandes bancos.

Ela reiterou que o Fed fornece diversas ferramentas para que as instituições aumentem sua liquidez, apesar do atual ciclo de aperto monetário.

A dirigente vota nas decisões monetárias do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) deste ano.

Mercado de trabalho

A presidente do Federal Reserve de São Francisco comentou também que "não está preocupada" com o desempenho do mercado de trabalho dos Estados Unidos. A dirigente reforçou que o processo de desaceleração para um ritmo saudável de crescimento do emprego não significa "fraqueza".

Ela ponderou que, se o emprego deteriorar a ponto de ser classificado como fraco, o BC americano pode considerar alterar as taxas de juros, desde que a inflação não esteja elevada. "Mas não vejo isso no momento e prefiro não estipular ações com base em hipóteses", afirmou, acrescentando que vê os riscos como "equilibrados" neste momento.

"Nosso objetivo é atingir um crescimento saudável, com preços estáveis e baixos, junto a um mercado de trabalho equilibrado e emprego máximo", concluiu a dirigente.