Para Pacheco, solução da desoneração dos setores sem os municípios não seria bom

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), defendeu nesta quinta-feira, 9, que é preciso encontrar solução tanto para a desoneração da folha de pagamento de 17 setores da economia, quanto dos municípios. Após uma reunião com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, o senador afirmou que, na segunda-feira, 13, haverá uma etapa importante de negociação política sobre a questão previdenciária das cidades.

"O problema previdenciário dos municípios passa a ser uma pauta muito importante", declarou Pacheco. "Uma solução de um sem a solução de outro não seria bom. Muito importante que a gente possa dar solução para os dois segmentos, setor produtivo e municípios", emendou. Na segunda-feira, segundo o senador, haverá uma sessão de debates com os presidentes de todas as associações de municípios, como a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP) e a Confederação Nacional dos Municípios (CNM).

No caso da desoneração da folha dos setores, Haddad disse nesta quinta-feira, em entrevista exclusiva ao Broadcast, que o governo tende a aceitar a proposta dos setores para viabilizar um acordo pela reoneração gradual.