No Canadá, CPI desacelera, pressiona dólar local e eleva chance de corte de juros em breve

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Canadá subiu 0,5% em abril ante março, com alta anual de 2,7%, desacelerando após o ganho anual de 2,9% visto no mês anterior. O núcleo do CPI, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, tem mais de uma medida no país, mas todas apontavam para desaceleração.

No mercado cambial, o dólar canadense reagiu em baixa ao indicador.

Entre analistas, havia um debate se o Banco Central do Canadá deve cortar juros em junho.

Na avaliação do Royal Bank of Canada, o dado divulgado nesta terça deixou a porta aberta para essa redução no próximo mês.

Já o TD Securities considerava que o núcleo da inflação mostra progresso, mas não suficiente para garantir que haverá corte em junho, considerando mais provável que a redução venha em julho.

*Com informações da Dow Jones Newswires