Lupion: À exceção da proteína na cesta básica, pontos do setor produtivo foram atendidos

O presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Pedro Lupion (PP-PR), afirmou que, à exceção da inclusão das proteínas animais na cesta básica com isenção de impostos, os demais pontos do setor produtivo foram atendidos na regulamentação da reforma tributária. "Dezoito temas do setor produtivo foram atendidos no relatório da tributária", disse Lupion, no plenário da Câmara, minutos antes da votação do texto-base do projeto de lei complementar.

Lupion ressaltou que a frente passou o dia em negociações de item por item com o grupo de trabalho e com o relator, deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG), e com o presidente da Câmara, Arthur Lira. "O texto publicado na noite de ontem não atendia à agropecuária brasileira. Os pontos do cooperativismo, dos biocombustíveis, dos insumos agropecuários, dos óleos na cesta básica, das farinhas na cesta básica, do extrato de tomate na alíquota reduzida e de questões que afetavam o produtor rural foram atendidos."

O presidente da FPA sinalizou voto favorável da bancada ao projeto. "Reitero a discordância da frente quanto à taxação de proteínas", acrescentou. A bancada do agro deve apoiar um destaque ao texto para zerar impostos sobre ovos, queijos, sal, carnes bovina, suína e de frango e peixes.