Em nova estrutura, Lenovo vai praticamente acabar com a marca Motorola

SÃO PAULO – Após ter comprado a Motorola Mobility do Google em 2014, a Lenovo vai incorporar as suas empresas de celulares em uma só sob o nome "Moto by Lenovo". Asssim, o nome Motorola vai ser "lentamente eliminado, para focarmos no Moto", disse o COO da Motorola, Rick Osteloh em entrevista ao portal CNET. O nome Motorola, entretanto, não sumirá: ele continuará existindo como uma divisão da gigante chinesa, garantiu o COO.

O famoso "M" da Motorola, entretanto, ainda será usado – junto do logo azul da Lenovo – em smartphones como o Moto X, G e E. "Nós planejamos não somente proteger a marca Motorola, mas fortalece-la", disse o CEO da Lenovo, Yang Yuanging.

A decisão da Lenovo tem como objetivo reforçar sua presença no mercado de smartphones, já que não é uma referência nesse segmento. A Motorola, por sua vez, é um exponente no mercado de Android e uma longa história de smartphones famosos, como o Razr, Moto e o icônico toque de celular "hello, moto".

Como estratégia de marketing, a empresa seguirá usando duas marcas em smartphones e wearables: Moto e Vibe. Desde 2013, com o lançamento da primeira geração do Moto X - quando a empresa ainda era do Google -, o nome Motorola não tem sido usado nos produtos da companhia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos