Gestor teve um desempenho tão ruim em 2015 que até seus filhos ofereceram ajuda

SÃO PAULO - Não tem sido fácil para ninguém, mas David Einhorn pode ter uma das histórias mais difíceis no complicado cenário de investimentos. O gestor de 47 anos da Greenlight Capital - e que também é jogador profissional de poker - reconheceu que o desempenho de seu fundo de hedge em 2015 foi tão ruim que até seus filhos decidiram dar conselhos para ele.

"Pai, por que você não ficar short em seus longs e long no seus shorts", disseram as crianças se referindo a dois termos de mercado. "Short", ou "ficar vendido", é quando você se posiciona acreditando que as ações de uma empresa irão cair, enquanto "long" se refere a uma investimento visando que determinados papéis irão subir.

Estas informações foram divulgadas em uma carta que  Einhorn publicou fazendo um "mea-culpa" nesta terça-feira (19) ao admitir suas falhas em um ano em que o seu fundo de hedge perdeu mais de 20% de seu valor. As perdas ocorreram principalmente devido a três maus investimentos, e refletiram em uma queda de 3,8% apenas no quarto trimestre.  Um porta-voz da Greenlight confirmou o conteúdo da carta para o site MarketWatch, mas se recusou a comentar mais. 

Para se ter uma noção do péssimo investimento feito pelo gestor, duas de suas posições vendidas estavam na Netflix e na Amazom, que dispararam simplesmente 134% e 118% no ano passado. Por outro lado, Einhorn apostou na alta da  Consol Energy e da SunEdison Sune, com ambas perdendo cerca de três quartos de seu valor em 2015. O desempenho seria bem melhor sem estes investimentos, mas mesmo assim o fundo teria uma queda de 5%.

Apesar desta forte perda, a Greenlight quis destacar seu case de sucesso, com um retorno de 1.902%, ou 16,5% por ano, desde sua fundação em 1996. Porém, para os investidores isto não deve ser um grande consolo após o desempenho do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos