Bolsas

Câmbio

Credit Suisse recomenda ação fora do radar, mesmo com resultados fracos

SÃO PAULO – A equipe de análise do Credit Suisse divulgou relatório em que atribui a recomendação de outperform (performance acima da média) para os papéis da Linx (LINX3). A instituição financeira também estima um preço-alvo de R$ 52,00 para os papéis da empresa, chegando a um potencial de valorização de 7,75% em relação ao fechamento do dia 18 de abril de 2016.

Os analistas afirmam que a empresa não está imune ao pior cenário macroeconômico no Brasil, mas ainda foi muito menos afetada do que outras companhias no mercado. "Acreditamos que a Linx é uma opção relativamente mais segura no atual cenário turbulento", escreve a instituição financeira.

Em relação aos resultados esperados para o primeiro trimestre de 2016, a equipe de análise espera um começo de ano "difícil", com baixos resultados na margem EBITDA (Lucro antes de Juros, Impostos, Depreciações e Amortizações, na sigla em inglês), que deve recuar 1,5 ponto percentual para 25,1%.

O EBITDA também deve avançar abaixo da inflação. No lado positivo, há a expectativa de leve melhoria no crescimento orgânico da companhia, indo para a casa de 13%, contra 12% apresentados no último trimestre do ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos