Bolsas

Câmbio

Apple afunda 8% no after market após primeira queda na venda de iphones

SÃO PAULO - As ações da Apple afundaram 8,10% no after market em Wall Street após a companhia registrar sua primeira queda trimestral na venda de iPhones desde o seu lançamento, há 9 anos. Com as perdas desta terça-feira (26), os papéis perderam os US$ 100 desde fevereiro, atingindo os US$ 96,05. As vendas do principal aparelho da empresa caíram 16%.

A Apple vendeu 51,2 milhões de iPhones entre janeiro e março ante 61,2 milhões de unidades vendidas no mesmo período do ano passado. Apesar da queda, as vendas ficaram acima das estimativas de analistas ouvidos pela agência Reuters, de cerca de 50 milhões de aparelhos.

No 1º trimestre, o lucro líquido da gigante de tecnologia caiu 22%, para US$ 10,5 bilhões. Já a receita da companhia caiu 13%, para US$ 50,6 bilhões.  Para o terceiro trimestre fiscal, a Apple prevê receita de US$ 41 bilhões a 43 bilhões, montante inferior aos US$ 47,3 bilhões de dólares esperados por Wall Street.

A Apple também disse que está ampliando o programa de retorno ao acionista para US$ 50 bilhões, através de um aumento de US$ 35 bilhões em sua recompra de ações e de um aumento de 10% no dividendo trimestral.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos