PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Usa LinkedIn? Confira erros mais comuns que você deve evitar na rede social

Getty Images
Imagem: Getty Images

01/06/2016 11h39

SÃO PAULO – Diferente das demais redes sociais, o LinkedIn tem uma proposta profissional e corporativa. Por isso, o comportamento dos usuários nela também deve ser diferente.

Como explicou o portal "Inc.", nessa plataforma você deve se preocupar com o que as pessoas pensam sobre seu perfil, currículo e postagens, exatamente pela proposta que possui.

Mesmo assim, não são todos os usuários que têm essa atenção. Muitos cometem erros que prejudicam sua imagem profissional, a relação com as empresas e colegas de trabalho.

O portal listou alguns desses erros que você deve evitar cometer:

1. Não crie conexões à toa

networking - Shutterstock - Shutterstock
Imagem: Shutterstock

Você não precisa estar conectado a todas as pessoas que achar importante. Você pode, em vez de criar a conexão, entrar em um grupo que estas pessoas estejam presentes, apresentar-se e contribuir para o debate –para, então, solicitar a conexão, explicando o motivo.

Caso você adicione outros usuários sem esse primeiro contato, pode acabar incomodando. Além disso, é mais provável que aceitem seu convite se alguma menção ao trabalho dela for feita, em vez de “eu gostaria de adicioná-lo à minha rede do LinkedIn”.

2. Nunca use a rede social para flertar

Investir na paquera - Jeff/UOL - Jeff/UOL
Imagem: Jeff/UOL

Da mesma maneira que é inapropriado flertar com colegas de trabalho dentro do ambiente corporativo, é inapropriado fazê-lo no LinkedIn. Mesmo que um usuário seja atraente na foto do perfil, você deve manter as comunicações profissionais, não pessoais.

Ao fazer isso no LinkedIn, você pode queimar sua imagem profissional na internet –e esse é um problema que você deve levar a sério.

3. Não perca o foco

Foco - Reprodução/Facebook/Piadas do Gato  - Reprodução/Facebook/Piadas do Gato
Imagem: Reprodução/Facebook/Piadas do Gato

O LinkedIn não é uma rede social apropriada para, por exemplo, compartilhar memes com seus colegas. Isso é aceitável em outras, como o Facebook, Twitter etc. Se você conseguir manter a relevância em algum tópico e, ainda assim, ser engraçado, você ganha pontos extras.

Sempre lembre-se de respeitar a opinião de seus colegas e não exagerar, isso pode impactar sua reputação.

4. Não subestime a importância de sua foto

Foto - Flávio Florido/UOL - Flávio Florido/UOL
Imagem: Flávio Florido/UOL

A sua foto é a primeira oportunidade de garantir uma boa impressão na rede social e chamar a atenção de outros usuários. Até mesmo um bom currículo profissional pode passar despercebido quando a foto é inapropriada ou não profissional.

A partir de sua foto de perfil, empresas podem julgar se você tem ou não o perfil da empresa e, talvez, descartar você logo de início. Mesmo tendo uma vida pessoal fora do trabalho, o ideal é que você mantenha o profissionalismo nessa rede social.

5. Não se engaje em palavras-chave aleatórias

Palavras - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

No LinkedIn, você pode adicionar palavras-chave em seu currículo que representam suas habilidades. Pode parecer que, quanto mais você adicionar, melhor será para seu currículo, mas isso não é verdade.

Você deve adicionar apenas as que de fato sejam úteis para a área em que você trabalha. Se trabalha com o mercado financeiro, por exemplo, evite usar palavras-chave de marketing. Essa é a melhor maneira de criar uma boa imagem de si mesmo.