Usain Bolt deixa Michael Phelps para trás quando o assunto é dinheiro

SÃO PAULO – O atleta jamaicano de 29 anos Usain Bolt é detentor de uma fortuna superior a US$ 71,4 milhões, valor que pode crescer ainda mais até o mês de setembro, com o final dos Jogos Olímpicos. Os números não param por aí; o homem mais rápido do mundo é também um dos mais ricos nesta Olimpíada, com o dobro do patrimônio do veloz da natação, Michael Phelps, dono de um pouco mais de US$ 44 milhões.

A grande fortuna vem praticamente toda de patrocinadores, além de ter o baixo imposto de renda cobrado pela Jamaica a seu favor. De acordo com o site Money Nation, se Bolt tivesse nascido nos Estados Unidos, ele teria que pagar mais 14-27% de imposto, o que significaria uma perda de aproximadamente US$ 34 milhões.

Como é possível que as 28 medalhas olímpicas de Phelps valham menos que as 7 medalhas de Bolt? Além da diferença de impostos cobrados por seus respectivos países, isso acontece porque os corredores possuem algo em comum com qualquer outro ser humano: eles usam sapatos. O contrato de Bolt com a Puma desde 2002 rendeu a ele milhões, e a partir de 2011, chegou a um valor de US$ 9 milhões por ano.

Os dados também mostram que 2% de sua fortuna vem do atletismo e outras fontes de renda, enquanto praticamente 98% é de origem publicitária. Bolt já recebeu, até o momento, aproximadamente US$ 108,7 milhões de patrocínio, contra US$ 1,3 milhões de sua carreira como velocista. Ele também já recebeu cerca de US4 1,2 milhões por outras fontes, como por aparições em programas de TV e pela publicação de sua biografia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos