PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Americanas e B2W têm forte alta com acordo para plataforma de pagamentos Ame

31/07/2019 13h55

Na sessão desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da Lojas Americanas (SA:LAME4) registram forte alta de 4,07% a R$ 18,14, enquanto que as da B2W (SA:BTOW3) somam 2,81% a R$ 37,62. Com isso, as companhias se destacam entre as maiores altas do Ibovespa.

Na noite de ontem, as companhias divulgaram fato relevante conjunto informando os estudos divulgados em 24 de junho, relacionados ao projeto Ame. Desta forma, aprovaram participação de cada companhias em estrutura societária que será constituída a plataforma mobile de negócios, desenvolvida em conjunto pelas empresas.

A participação na nova estrutura societária da Ame será na proporção de 56,92% do capital total e votante para Lojas Americanas e 43,08% para B2W, percentuais fixados com base em avaliação dos ativos intangíveis e dos ativos fixos relacionados ao projeto

As companhias entendem que a estrutura societária possibilitará a aceleração do desenvolvimento da Ame, maximizando suas frentes de negócios.

O BTG Pactual (SA:BPAC11) destaca que os próximos passos após o anúncio envolvem solicitar uma licença para operar como uma instituição de pagamentos ao Banco Central (o que deve acontecer nas próximas semanas) e acelerar a penetração da Ame Digital fora das plataformas da B2W e da Lojas Americanas, que poderiam incluir novas parcerias para obter acesso para os comerciantes.

Na visão dos analistas, a concorrência poderia impedir uma monetização mais rápida (e posterior) do TPV, já que as margens para o negócio de aquisição tradicional são ainda mais estreitas. Assim, na visão deles, o sucesso da Ame dependerá essencialmente de duas variáveis: ter o cliente dentro da plataforma e ter um portfólio mais amplo de serviços em seu ecossistema.