PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Duratex avança 1% com parceria com a Lenzing para fábrica de celulose solúvel

20/12/2019 14h55

Na parte da tarde desta sexta-feira na bolsa paulista, as ações da Duratex (SA:DTEX3) operam com valorização, depois que a companhia anunciou que vai construir com a europeia Lenzing uma fábrica de celulose solúvel a ser instalada em Minas Gerais, que terá investimento de US$ 1,2 bilhão.

Com isso, por volta das 14h55, os papéis eram negociados com alta de 1,36% a R$ 15,68.

A unidade terá capacidade para fabricar 500 mil toneladas de celulose solúvel por ano e segundo a Duratex terá uma das maiores linhas de produção do setor no mundo. A expectativa de início das operações é primeiro semestre de 2022.

A Duratex participa da fábrica em 49% e a Lenzing possui o restante.

O acordo para a construção ocorre em um momento em que a Duratex, maior fabricante de painéis de madeira do Brasil, se foca nas operações mais rentáveis em meio a uma lenta recuperação da indústria de construção civil. Em setembro, a companhia decidiu fechar uma fábrica de painéis que estava paralisada desde o final do ano passado e vendeu ativos florestais no Estado de São Paulo.