PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

Eike vende parte de campo de petróleo para empresa da Malásia, diz jornal

REUTERS/Mario Anzuoni
Imagem: REUTERS/Mario Anzuoni

Do UOL, em São Paulo

07/05/2013 09h06

A petrolífera OGX, do bilionário Eike Batista, deve anunciar nesta terça-feira (7) a venda de uma participação de 40% no campo de Tubarão Martelo, na Bacia de Campos, para a estatal Petronas, da Malásia. As informações são do jornal "Valor Econômico".

Segundo a reportagem, o valor total do negócio sairá por US$ 850 milhões (cerca de R$ 1,7 bi). Do total, US$ 250 milhões seriam pagos à vista e US$ 500 milhões após a primeira extração de óleo. Outros US$ 100 milhões dependeriam dos volumes de produção diária desse campo, cuja entrada em operação está prevista para o terceiro trimestre.

De acordo com o "Valor", a Petronas teria ainda uma opção de compra (call) de ações da OGX, que podem ser adquiridas por preço menor que o valor de mercado da companhia.

A aquisição marca a entrada da Petronas no Brasil às vésperas do leilão da ANP e a OGX pode ser sua parceira estratégica.

Segundo o jornal, Eike Batista estaria ainda em negociação com outras duas empresas: a russa Lukoil e a japonesa Sumitomo.

O bilionário possui 61,1% das ações da OGX.

PUBLICIDADE