PUBLICIDADE
IPCA
1,16 Set.2021
Topo

O Boticário usa gays em campanha do Dia dos Namorados; reveja outras

Do UOL, em São Paulo

26/05/2015 18h10

A marca de cosméticos O Boticário lançou uma campanha de dia dos namorados destacando uma fragrância unissex, o Egeo, e mostrando casais gays presenteando seus pares.

A propaganda mostra casais indo comprar presentes e se preparando para uma noite especial, tanto homens quanto mulheres.

Na hora da entrega, o comercial mostra um casal formado por dois homens, outro por duas mulheres, e outros dois casais heterossexuais.

A marca não é a primeira a apostar na diversidade sexual para se posicionar no mercado, e o UOL listou outros exemplos de comerciais que usam casais do mesmo sexo ou promovem a diversidade sexual.

Magnum

A marca de sorvetes Magnum lançou uma campanha com transexuais e drag queens contando suas histórias. Neste spot, são mostradas as três personagens: Gregory, Blake e James. Em outros vídeos, eles contam como abraçaram a oportunidade de saciar seu prazer pessoal, sendo fieis ao que importa para elas.

Sonho de Valsa

A tradicional marca de chocolates fez um comercial sobre o amor, mostrando, entre outros personagens, um casal de garotas se beijando. O mote da campanha é "Pense menos, ame mais".

Gol

A companhia aérea preparou uma campanha especial no dia das mães, mostrando histórias de vida relacionadas ao tema. Um dos vídeos conta a história de Rodrigo e Gilberto, um casal gay que adotou uma criança.

Renault

Em 2012, a fabricante de carros Renault fez um comercial para o Twingo subvertendo as expectativas: pai e filha caminham dentro da igreja até o altar, onde um homem os espera; na hora de se separarem, é o pai quem se dirige ao rapaz para o casamento.

Microsoft

Em 2013, a gigante dos computadores levou ao ar uma campanha do Outlook mostrando a integração dos seus produtos para manter o consumidor informado sobre os eventos cotidianos de seus amigos. Um dos eventos mostrados é o casamento entre duas mulheres.

Marcas e transformações sociais

Para Silvio Guedes Crespo, fundador da agência de comunicação SGC Conteúdo, especializada em gestão da diversidade nas empresas, a circulação de informações pelas redes sociais está causando uma mudança na sociedade.

"Nesse contexto, as marcas que estiverem mais seguras de seus valores são as que melhor vão conseguir se comunicar com seus públicos. O Boticário, a Gol, o Sonho de Valsa e a Natura são exemplos de marcas que estão seguras em relação aos próprios valores e por isso conseguem estabelecer um vínculo significativo com seu público-alvo", afirmou.

PUBLICIDADE