Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta terça, 16 de agosto

Lucas Menegale

Do UOL, em São Paulo

Mercado financeiro

A Bovespa teve queda de 0,49% hoje, com 58.855,43 pontos. O resultado foi puxado pelo desempenho negativo dos bancos.

Já no mercado de câmbio, o dólar teve alta de 0,17%, cotado em R$ 3,194. A moeda norte-americana acumula desvalorização de 1,51% no mês e de 19,10% no ano.

Leia mais

 

Empresários confiantes

Os empresários da indústria voltaram a ficar confiantes. É o que mostra pesquisa divulgada hoje pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O índice cresceu 4,2 pontos de julho para agosto, alcançando 51,5 pontos. Quando o indicador fica acima de 50 pontos indica empresários confiantes. Isso não acontecia desde março de 2014.

Leia mais

 

Bancos com menos lucros

O lucro de 312 empresas com ações na Bolsa brasileira somou R$ 32,696 bilhões no segundo trimestre de 2016. O resultado é 24% menor do que o registrado no mesmo período de 2015, que foi de R$ 43 bilhões.

O setor bancário apresentou a maior queda, de R$ 19,2 bilhões para R$ 15,1 bilhões. Os dados fazem parte de um levantamento da consultoria Economatica.

Leia mais

 

PIB vai 'engordar'?

A equipe econômica do governo deve elevar de 1,2% para 1,6% a previsão de alta do Produto Interno Bruto (PIB) em 2017, no projeto de lei orçamentária para o ano que vem.

Com a estimativa de crescimento maior, o governo pretende "engordar" a receita prevista. Também ficaria reduzida a necessidade de medidas de aumento de tributos para garantir o cumprimento da meta fiscal.

Leia mais

 

Eletrobras em alta

A estatal Eletrobras teve lucro líquido de R$ 12,7 bilhões no segundo trimestre de 2017, após prejuízo de R$ 1,36 bilhão no mesmo período de 2015.

O resultado, divulgado na noite de ontem, foi influenciado principalmente pela contabilização de indenizações bilionárias que a companhia receberá a partir de 2017.

Leia mais

 

Preço do aluguel cai

Os preços de locação de imóveis caíram novamente em julho na comparação com o mês anterior. No acumulado do ano, a variação negativa é de 2,44%, enquanto nos últimos 12 meses o recuo chega a 5,23%.

Uma pesquisa feita mostra que o número de rescisões de contratos de aluguel na cidade de São Paulo bateu recorde em junho. O total de acordos rompidos com os proprietários foi 26% maior do que o número de novas locações efetuadas na capital paulista.

Leia mais

 

Agenda

Amanhã será divulgada a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, a Pnad, que produz informações contínuas sobre a inserção da população no mercado de trabalho. Ela é referente aos meses de maio, junho e julho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos