Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta segunda, 14 de novembro

Do UOL, em São Paulo

Voltou a subir

A Bolsa fechou em alta de 0,8%, com 59.657,46 pontos, depois de três quedas seguidas. A alta de hoje foi influenciada, principalmente, pelo desempenho positivo das ações da Vale, que subiram mais de 4%, do Bradesco e do Banco do Brasil. As metalúrgicas e siderúrgicas também tiveram bom desempenho. A Gerdau disparou mais de 10%, e a Usiminas subiu acima de 7%.

O dólar subiu 1,43%, cotado em R$ 3,441. É o quarto avanço seguido da moeda e o maior valor de fechamento desde 16 de junho.

Leia mais


Socorro a Estados

Numa tentativa de socorrer Estados em dificuldade financeira sem criar impacto para os cofres públicos, o governo do presidente Michel Temer vai autorizar governadores a captarem empréstimos no exterior dando receitas futuras como garantia. O primeiro da fila é o Rio de Janeiro.

A estratégia do governo fluminense vai ser montar uma operação de captação de recursos no exterior oferecendo como garantia a receita futura de royalties do petróleo.

Leia mais


Projeções do mercado

Economistas consultados pelo Banco Central estimam que a taxa básica de juros deve cair 0,25 ponto percentual na última reunião do Copom deste ano, marcada para o fim de novembro. Com isso, a Selic passaria para 13,75% ao ano.

Já a estimativa para a inflação recuou de 6,88% para 6,84%. Mesmo assim, permanece acima do teto de 6,5% da meta de inflação e mais acima ainda do centro da meta, de 4,5%. Para o PIB de 2016, o mercado financeiro prevê um encolhimento de 3,37%.

Leia mais


Ajuda para os endividados

As empresas que participam do Simples Nacional e que estão com pagamento de impostos atrasado vão ter um prazo maior para acertar essa dívida. O prazo de parcelamento passa de 60 para 120 meses, desde que a parcela não seja menor que R$ 300.

As regras, anunciadas no mês passado, foram publicadas no Diário Oficial da União.

Leia mais
 

Lucro menor da Caixa

A Caixa Econômica Federal anunciou que teve lucro líquido de R$ 998,118 milhões no terceiro trimestre, uma queda de 67% na comparação com o mesmo período de 2015.

Já no acumulado de janeiro a setembro, o banco lucrou R$ 3,446 bilhões, 47% menos que nos nove primeiros meses do ano passado.

Leia mais


Barreiras hermanas

O governo argentino ampliou a lista de produtos que precisam de autorização para entrar no mercado argentino. A espera para conseguir esse aval pode demorar até 60 dias. E o Brasil, principal fornecedor de mercadorias ao país vizinho, tende a ser o mais prejudicado.

Essa barreira é chamada licença não automática, ou LNA, e foi criada em dezembro do ano passado, logo depois da posse do presidente Mauricio Macri. A lista de produtos tinha inicialmente 1.385 tipos de mercadoria. Desde então, sofreu seis modificações. A última, de outubro, aumentou em 67 o número de itens, totalizando 1.629 produtos.

Leia mais


Agenda

Amanhã vai ser divulgada a prévia do PIB do terceiro trimestre da Alemanha.

Também vai ser apresentado o PIB de novembro da Zona do Euro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos