ipca
0,48 Set.2018
selic
6,5 19.Set.2018
Topo

Faz compras na internet? Ferramenta grátis compara preços e aponta desconto

Chad Baker/Thinkstock
Imagem: Chad Baker/Thinkstock

Do UOL, em São Paulo

18/07/2017 12h53

Encontrar um produto na internet com o menor preço ficou mais fácil. A associação de consumidores Proteste lançou nesta terça-feira (18) uma ferramenta grátis que compara preços e avisa sobre descontos no momento em que o internauta visita a página de uma loja virtual.

A ferramenta, chamada "Mais Barato", pode ser instalada por meio do site da Proteste. Por enquanto, o plug-in só está disponível para para computadores com o navegador Google Chrome. A Proteste informou que não pretende disponibilizar a ferramenta na versão mobile nem para outros navegadores.

Com a ferramenta instalada, basta entrar no site de uma loja virtual e buscar por algum produto. Ao clicar no item, automaticamente aparecerá uma barra no topo da tela informando se aquele é ou não o menor preço. Também é possível visualizar a variação do preço para aquele produto ao longo dos meses.

Ao escolher o site onde a compra será feita, a ferramenta ainda avisa se há cupons de descontos que podem ser usados para aquele produto, o que pode gerar uma economia ainda maior, de acordo com a Proteste.

Alerta de preço 

Outra funcionalidade do "Mais Barato" é criar alertas de preço. Por exemplo, se você quer comprar um smartphone por até R$ 1.000, basta informar o modelo e o valor máximo --no caso, R$ 1.000-- e quando o preço cair abaixo do limite informado, a ferramenta automaticamente manda um aviso por e-mail ou SMS.

Os preços são comparados em mais de 30 das principais lojas virtuais do país, o que não garante que o consumidor pagará o menor preço do mercado, pois alguns sites não são monitorados pela Proteste.

A entidade, no entanto, diz que além de encontrar melhores ofertas, a ferramenta ajuda a economizar tempo, já que o consumidor não precisar acessar vários sites para comparar preços.

Sites também têm serviço de comparação

Para quem não quiser instalar a ferramenta da Proteste no computador, há outros sites que possibilitam comparação e monitoramento de preços. Veja alguns deles:

Newsletters

Receba dicas para investir e fazer o seu dinheiro render.

Quero receber

Mais Economia