Bolsas

Câmbio

Bilionários

Acidente com morte e isolamento: conheça a nova mulher mais rica do mundo

Colaboração para o UOL

  • Divulgação/Walmart

Diferentemente dos três irmãos, que participam ou participaram ativamente do controle da empresa que herdaram dos pais, Alice Walton nunca esteve à frente do maior gigante do comércio varejista dos Estados Unidos, o Walmart. Mas a fortuna foi tão bem administrada que, agora, Alice é a mulher mais rica do mundo.

A mudança na liderança deste ranking produzido pela revista Forbes não aconteceu por conta de uma grande mudança na fortuna de Alice, avaliada em US$ 38,4 bilhões, mas sim pela morte da antiga líder, a empresária francesa e herdeira da empresa de cosméticos L'Oréal, Liliane Bettencour, que morreu na quinta.

Mas, ao contrário de Bettencour, Alice Walton não participou da gestão do Walmart, empresa criada pelos seus pais em 1974. Formada em economia, ela até teve uma carreira no mercado financeiro. A partir dos anos 1990, porém, se afastou completamente dos negócios e foi viver praticamente isolada em um rancho no Texas.

Divulgação
Alice Walton foi presa por dirigir embriagada

Foi voltando para lá no seu 62º aniversário, em 2011, que ela foi presa por dirigir embriagada. De acordo com sua defesa, Alice saiu para comemorar com amigos, bebeu alguns drinques, e foi flagrada pela polícia enquanto voltava para casa dirigindo. Ela até foi processada, mas nunca chegou a ser presa, tendo passado apenas algumas horas na carceragem local.

A imprensa norte-americana relaciona a ela outros três acidentes, todos anteriores a este, ainda que no flagrante de 2011 ela tenha sido classificada como ré primária.

Em 1989, ela atropelou e matou uma mulher de 50 anos. O caso não rendeu processo. De acordo a Forbes, ela dirigia seu Porsche, e não viu Oleta Hardin entrar na rua. De acordo com relatos, ela estava acima da velocidade permitida.

Um ano antes, chegou a pagar multa para ser liberada após ser flagrada dirigindo embriagada. Em 1983, no México, causou um acidente grave com um jipe alugado e passou por diversas cirurgias na perna.

Apesar destes incidentes, Alice é mais conhecida pela sua paixão pela arte. Assim como aparece na lista da Forbes, Alice também é listada no ranking dos grandes colecionadores de arte da revista ArtNews. "Ela obviamente gasta muito dinheiro e muito rápido", disse o editor da revista, Milton Esterow, em entrevista à Forbes.

A partir de seus próprios recursos, mais de US$ 500 milhões, ela criou um museu no Arkansas, seu estado natal. É o Crystal Bridges Museum of American Art, que se dedica à arte norte-americana.

Alice também colecionou cavalos de raça por muitos anos, ainda que já tenha se desfeito deles e do rancho que mantinha no Texas. Alice não tem filhos e foi casada duas vezes, sendo que o último desses casamentos, com o empreiteiro que construiu uma piscina para ela, durou poucos meses.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos