PUBLICIDADE
IPCA
1,15 Dez.2019
Topo

Bolsonaro diz que ideia é mudar estabilidade só de novos servidores

José Dias/PR
Imagem: José Dias/PR

Guilherme Mazieiro

Do UOL, em Brasília

02/11/2019 10h21Atualizada em 02/11/2019 10h38

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) disse hoje que a proposta da reforma administrativa estudada pelo governo é mudar a estabilidade só dos novos contratados no serviço público.

"Olha, a ideia é: daqui para frente, não teria estabilidade. Essa que é a ideia", afirmou na portaria do Palácio do Alvorada.

Segundo Bolsonaro, algumas carreiras de Estado têm que ter estabilidade.

"Para algumas carreiras de estado, tem que manter a estabilidade. Eu não posso formar, por exemplo, um sargento, um capitão de Forças Especiais e depois mandá-lo embora. Tem que ter formação específica para aquela atividade, bem como servidor civil, que eu não quero entrar em detalhe aqui", disse.

A reforma é tratada como prioridade pela equipe econômica e deve ser enviada ao Congresso nas próximas semanas.

Ajuste fiscal

Sobre o pacote com medidas para ajuste fiscal, Bolsonaro disse que está quase pronto, mas não fechou data.

"Não posso garantir que vai sair nesta [próxima] semana. Mas está quase tudo pronto para a criança nascer", afirmou

Presidente foi pegar moto

O presidente foi acompanhado do ministro da Secretaria de Governo, General Ramos, retirar uma moto que ele comprou em Brasília. Segundo o site da Honda, o modelo NC 750x custa R$ 33.980. Bolsonaro escolheu a cor azul e disse que pagou do próprio bolso. A loja fica a 14 km do Palácio do Planalto.

Bolsonaro diz que não ligará para Alberto Fernandez

UOL Notícias

Economia