PUBLICIDADE
IPCA
0,25 Fev.2020
Topo

Airbus Beluga XL: avião conhecido como "baleia voadora" começa a operar

Do UOL, em São Paulo

15/01/2020 10h44Atualizada em 15/01/2020 16h54

O avião Beluga XL, da Airbus, conhecido pelo formato que lembra uma baleia, passou a operar normalmente e em período integral a partir desta quarta-feira (15), uma semana após seu primeiro voo operacional. O novo avião foi criado para substituir o primeiro Beluga, o Airbus A300-600ST, que está em operação desde 1995. Outros cinco Beluga XL devem entrar em operação até 2023.

Trata-se de um avião de carga —portanto, passageiros comuns não poderão voar na "baleia". Sua missão é transportar componentes de aeronaves da Airbus entre locais de produção na Europa e linhas de montagem finais da empresa em Toulouse, na França, Hamburgo, na Alemanha, e Tianjin, na China.

AFP
Imagem: AFP

Olhos brilhantes e sorriso

O novo modelo tem olhos brilhantes e sorriso, modelo que foi escolhido a partir de uma votação entre os mais de 6.000 funcionários da Airbus, e venceu com 40% dos votos.

"Costumávamos dizer que em Toulouse ou Hamburgo, as crianças reconhecem o Beluga", disse à CNN Travel Bertrand George, chefe do programa Beluga XL, em 2019. "Eles adoram este avião tão especial".

Capacidade para transportar grandes peças

Com 63 metros de comprimento e 8 metros de largura, o Beluga XL possui a maior seção transversal de compartimento de carga de todas as aeronaves desse tipo no mundo. O novo avião pode transportar duas asas do A350 XWB —o modelo anterior, Beluga ST, só tem capacidade para transportar uma. Com uma carga útil máxima de 51 toneladas, tem autonomia de 4.000 km (2.200 milhas náuticas).

O Beluga XL é baseado em um A330-200 Cargueiro, o que possibilita a reutilização de componentes e equipamentos existentes, e possui motores Rolls Royce Trent 700. A cabine de comando rebaixada, a estrutura do compartimento de carga, a traseira e a cauda foram desenvolvidas em conjunto com parceiros.

Embora o transporte aéreo continue sendo o principal meio de transporte de grandes componentes de aeronaves, a Airbus também utiliza transporte rodoviário, ferroviário e marítimo para transferir peças entre seus locais de produção. Assim como o Beluga ST, a aeronave operará em 11 destinos na Europa.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado no terceiro parágrafo, Airbus A380 e Boeing 747 ainda estão em operação. A informação foi corrigida.

Economia