PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Procon notifica Flybondi, JetSmart e Sky por cobrança da bagagem de mão

Divulgação
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

06/02/2020 17h56

O Procon de São Paulo notificou hoje as companhias aéreas Flybondi, JetSmart e Sky Airline, todas low cost (baixo custo), por impor aos passageiros que paguem uma taxa extra para usar o bagageiro localizado acima dos assentos dos aviões.

A entidade pede às empresas que informem como é feita a comunicação dessa cobrança aos clientes e em quais condições será cumprido o direito de transporte de bagagem com no mínimo dez quilos, conforme previsto pela resolução nº 400 da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

Adicionalmente, o Procon-SP questiona quais as dimensões da bagagem de mão para transporte gratuito e como essas dimensões são informadas aos consumidores.

As empresas têm 72 horas para responder.

Polêmica

Comum entre empresas low cost da Europa, Ásia e Estados Unidos, a cobrança pela bagagem de mão no Brasil teve início com a Norwegian, a JetSmart e a Sky no ano passado. As empresas permitem aos passageiros que levem consigo, de forma gratuita, somente uma bagagem de até dez quilos que caiba debaixo da poltrona.

As taxas variam de companhia para companhia e às vezes dependem de fatores como data e horário do voo, disponibilidade e momento da compra. Na rota de Salvador a Santiago durante o Carnaval, por exemplo, o preço para levar uma mala no bagageiro da cabine da JetSmart era de R$ 143.

Economia