PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

Senadores adiam análise de projeto que trata da autonomia do Banco Central

Banco Central do Brasil - Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Banco Central do Brasil Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Carla Araújo

Colaboração para o UOL, em Brasília

11/02/2020 12h31

Os senadores Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Eduardo Braga (MDB-AM) pediram mais tempo para analisar o texto que trata da autonomia do Banco Central e está em discussão na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado. Agora, os senadores devem se reunir apenas na semana que vem para avaliar novamente o tema.

O autor do projeto, senador Plinio Valério (PSDB-AM), lamentou o adiamento. "Os senadores têm todo direito de pedir vista e mudar o projeto como acharem que devem. Mas lamento que, com o atraso, vamos receber um outro projeto da Câmara antes que o nosso chegue lá", afirmou.

Hoje cedo, o senador Telmário Mota (PDT-RR) leu o substitutivo ao projeto do senador Plínio sobre nomeação e demissão de diretores do Banco Central. O texto que está no Senado prevê autonomia operacional do BC com mandatos fixos e que não coincidem com mandatos do presidente da República para evitar ingerência política na política monetária em execução.

Segundo fontes que acompanham a negociação no Senado, Braga apresentou uma emenda para dificultar o andamento do projeto na Casa, para dar mais destaque ao projeto que está Câmara e é relatado pelo seu correligionário, deputado Celso Maldaner (MDB-SC).

Economia