PUBLICIDADE
IPCA
0,36 Jul.2020
Topo

Vendas online de álcool em gel crescem mais de 4700% no Brasil, diz estudo

Marcelo D. Sants/FramePhoto/Estadão Conteúdo
Imagem: Marcelo D. Sants/FramePhoto/Estadão Conteúdo

24/03/2020 14h28

A pandemia do novo coronavírus fez as vendas de álcool em gel no Brasil cresceram mais de 4700%, segundo aponta o estudo da Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce.

Segundo o levantamento, 13 milhões de compras online foram realizadas entre 24 de fevereiro e 18 de março de 2020, uma alta de 30,8% em relação ao mesmo período de 2019. Esse aumentou gerou R$ 5,56 bilhões em vendas, resultado 28% maior do que neste período em 2019.

Mas, em meio ao surto de coronavírus, as compras do álcool em gel chamaram atenção. Entre o mesmo período deste ano, as vendas do produto aumentaram 4664% em relação ao mesmo período de 2019. O faturamento com o item subiu 4974%.

Outros produtos de saúde também aumentaram suas vendas. Por exemplo, a venda de nebulizadores e inaladores subiu 533%, e a de luvas cirúrgicas, 174%.

Entre fevereiro e março, o segmento de saúde registrou alta de 65% no volume de compras na comparação com o mesmo bimestre do ano anterior. Considerando o mesmo recorte, beleza e perfumaria vem em seguida, com aumento de 57%.

"Em um cenário sem a covid-19, a categoria de saúde não é uma das mais expressivas no e-commerce. Moda e acessórios ocupa o lugar de destaque em volume de pedidos e eletrônicos e telefonia movimentam quantias significativas em faturamento. O que estamos vendo é uma inversão desses papéis, com itens destinados à prevenção do coronavírus sustentando em grande parte o crescimento do e-commerce no país", avalia André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

Neste cenário, categorias que geralmente têm resultados registraram queda significativa neste período: câmeras, filmadoras e drones, por exemplo, tiveram baixa de 47% no volume de compras, enquanto games sofreram redução de 35% e eletrônicos, de 18%.