PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Web se revolta com declaração de Durski, dono do Madero, e pede boicote

Roberto Junior

Colaboração para o UOL

24/03/2020 12h02Atualizada em 25/03/2020 12h16

Um dia após Roberto Justus minimizar o número de mortes causadas pela pandemia do novo coronavírus, Junior Durski, dono da rede de restaurantes Madero e Jeronimo Burger, seguiu na mesma linha e também mostrou mais preocupação com os efeitos da quarentena na economia do que com as vidas perdidas pela doença.

Durski manifestou opinião contrária à medida dos governadores, de limitarem o funcionamento do comércio, já que, para ele, o Brasil não pode ficar parado porque necessita de mão de obra para andar.

O empresário ainda citou que o impacto econômico no futuro será maior do que as mortes que estão ocorrendo hoje por causa do coronavírus.

Não pegaram bem as declarações. Durante a madrugada, o termo Madero ficou entre os assuntos mais falados do Twitter. Muitos repudiaram o comportamento de Junior Durski e até sugeriram boicote à sua rede de restaurantes.

Confira a repercussão:

Para a web, o boicote é a melhor resposta para Durski:

Teve gente que sugeriu valorizar os estabelecimentos menores:

Porque se depender dos "véios"...

Esse vídeo chamativo viralizou, e tudo que a web queria era que chegasse ao dono do Madero: