PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

Por coronavírus, Itaú já prorrogou mais de 140 mil contratos de empréstimo

Contratos incluem todas as linhas que fazem parte da ação: capital de giro, empréstimo pessoal, crédito imobiliário e financiamento de veículos - Kevin David/A7 Press/Folhapress
Contratos incluem todas as linhas que fazem parte da ação: capital de giro, empréstimo pessoal, crédito imobiliário e financiamento de veículos Imagem: Kevin David/A7 Press/Folhapress

Do UOL, em São Paulo

30/03/2020 18h26Atualizada em 30/03/2020 18h31

O Itaú Unibanco já prorrogou mais de 140 mil contratos de crédito para pessoas físicas e jurídicas devido à crise causada pelo novo coronavírus. Os contratos, segundo o banco, incluem todas as linhas que fazem parte da ação: capital de giro, empréstimo pessoal, crédito imobiliário e financiamento de veículos.

A iniciativa tem como objetivo flexibilizar o pagamento de dívidas. "A medida foi implementada há menos de um mês e, ao avaliar os benefícios dessa possibilidade de prorrogação, esperamos que mais pessoas devam aderir à oferta", prevê Flavio Iglesias, diretor de Produtos PF do Itaú.

Todos os clientes que contrataram qualquer uma destas linhas de crédito podem prorrogar a próxima parcela do empréstimo aberto por 60 dias, mantendo a mesma taxa acordada inicialmente. A medida não inclui clientes com dívidas no cheque especial ou que estão inadimplentes nas demais modalidades.

Além da prorrogação de dívidas, o banco também aderiu ao fundo emergencial para o financiamento da folha de pagamentos das pequenas e médias empresas pelos próximos dois meses. A medida, segundo o Itaú, é uma "oportunidade para dar fôlego a milhões de empreendedores".

Economia