PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Mídia e Marketing

Raquel Dodge e Fernando Haddad são entrevistados ao vivo nesta quarta

Ettore Chiereguini/Estadão Conteúdo
Imagem: Ettore Chiereguini/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

09/06/2020 19h58

Nesta quarta-feira (10), às 11h, o UOL Entrevista recebe ao vivo a ex-procuradora-geral da República Raquel Dodge. Será sua primeira entrevista desde que deixou o cargo que ocupou entre 2017 e 2019, indicada pelo então presidente Michel Temer (MDB). Os internautas poderão acompanhar a transmissão pela home do UOL e pelos canais do UOL no YouTube, Facebook e Twitter. O colunista Leonardo Sakamoto conduzirá a conversa.

Única mulher a comandar a PGR até hoje, posto que assumiu após o mandato de Rodrigo Janot (2013-17), Dodge vai falar sobre os desafios do Judiciário durante a pandemia, o embate entre Poderes em meio à crise causada pelo novo coronavírus, os atos de rua e manifestos pró-democracia assinados por personalidades brasileiras, entre outros assuntos.

Dodge é bacharel em direito pela Universidade de Brasília, mestre em direito pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, e ingressou no Ministério Público Federal em 1987. Em 2003, integrou a equipe que redigiu o primeiro plano nacional para erradicação do trabalho escravo no Brasil.

À frente da PGR, defendeu, junto ao Supremo Tribunal Federal, posições da força-tarefa da Operação Lava Jato, como a possibilidade de prisão após condenação em segunda instância. Seu trabalho, porém, priorizou questões relacionadas aos direitos humanos e ao meio ambiente.

Fernando Haddad - Kleyton Amorim/UOL - Kleyton Amorim/UOL
O ex-ministro e ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT)
Imagem: Kleyton Amorim/UOL

Às 14h, é a vez de Fernando Haddad, candidato do PT à presidência em 2018, conversar ao vivo com os colunistas Constança Rezende e Diogo Schelp. Ele vai tratar, entre outros temas, do acirramento da crise política e dos protestos pró e contra o governo de Jair Bolsonaro (sem partido) que ocorreram no último domingo (7).

Professor universitário, bacharel em direito, mestre em economia e doutor em filosofia, Haddad foi ministro da Educação durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2011) e prefeito de São Paulo de 2013 a 2017. Em 2018, concorreu à presidência da República pelo PT, mas acabou derrotado no segundo turno pelo então candidato do PSL, Jair Bolsonaro.

Mídia e Marketing