PUBLICIDADE
IPCA
-0,38 Mai.2020
Topo

BC autoriza uso de imóvel financiado como garantia para novo empréstimo

Medida pode levar a liberação de até R$ 60 bilhões em novos empréstimos, nas contas do Banco Central - Dida Sampaio/Estadão Conteúdo
Medida pode levar a liberação de até R$ 60 bilhões em novos empréstimos, nas contas do Banco Central Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Antonio Temóteo

Do UOL, em Brasília

23/06/2020 15h05Atualizada em 23/06/2020 15h49

O BC (Banco Central) autorizará, por meio de uma MP (Medida Provisória), que as pessoas possam dar como garantia um imóvel financiado para conseguir um novo empréstimo. A medida pode levar a liberação de até R$ 60 bilhões em novos empréstimos, nas contas do BC.

Segundo o diretor de Regulação do BC, Otavio Damaso, um trabalhador que financiou 60% do valor do imóvel e já pagou 30% desse valor poderá requerer o montante pago em uma nova operação de crédito, nas mesmas condições do contrato original.

De acordo com o presidente do BC, Roberto Campos Neto, se a pessoa financiou o imóvel a uma taxa de juros de 7% ao ano, mais a TR (Taxa Referencial), ela terá direito de contratar um novo empréstimo nessas condições. O prazo do novo crédito também pode ser igual ao do contrato original.

Em caso de calote no pagamento de uma parcela do novo empréstimo, as demais vencem antecipadamente.

O BC não detalhou limites de prazo ou de juros praticados nessa linha crédito. Para contratar esse crédito, os clientes ainda precisarão aguardar que os bancos criem suas próprias linhas para os consumidores.

Economia