PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Homem é acusado de usar empréstimo do governo dos EUA para comprar Tesla

Fahad Shah é acusado de mentir sobre a existência de funcionários em sua empresa; ele teria comprado um Tesla com dinheiro - Divulgação
Fahad Shah é acusado de mentir sobre a existência de funcionários em sua empresa; ele teria comprado um Tesla com dinheiro Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/06/2020 11h03

Um homem de 44 anos que vive no Texas, nos EUA, foi acusado por promotores de usar o empréstimo Paycheck Protection Program do governo norte-americano indevidamente.

Segundo informações do Business Insider, o empresário Fahad Shah conseguiu a quantia de 1,5 milhão de dólares (cerca de R$ 7,8 milhões) no programa para garantir o pagamento mensal a seus mais de 120 funcionários durante a pandemia do coronavírus.

No entanto, uma acusação mostrou que essas pessoas simplesmente não existiam, e ele teria usado o dinheiro em despesas pessoais, incluindo a compra de um Tesla avaliado em 60 mil dólares (cerca de R$ 310 mil).

Shah, ainda de acordo com o veículo, foi preso ontem acusado de fraude eletrônica, transações criminais e falsas declarações a sistemas financeiros. Agora, ele será julgado e pode pegar até 30 anos de prisão em caso de condenação.

Stephen Cox, procurador dos EUA no distrito leste do Texas, condenou a atitude de Shah e afirmou que as autoridades buscam outros fraudadores.

"O Paycheck Protection Program é uma ferramenta vital para as pequenas empresas americanas e seus funcionários que estão lutando com as conseqüências econômicas dessa pandemia. O Distrito Leste do Texas está comprometido em perseguir fraudadores que exploram esse programa em detrimento de outros", disse ele ao Business Insider.