PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Gafanhoto três vezes maior do que o normal faz Argentina emitir alerta

Nova espécie de gafanhoto que apareceu na Argentina é três vezes maior do que o normal - Daniel Igarzabal/Divulgação
Nova espécie de gafanhoto que apareceu na Argentina é três vezes maior do que o normal Imagem: Daniel Igarzabal/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

20/08/2020 20h29

O Senasa (Serviço de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina) decretou alerta fitossanitário ontem por conta da incidência de uma nova espécie de gafanhoto, que é quase três vezes maior do que as que normalmente circulam pelo país.

Mais conhecida popularmente como tucura quebrachera, o nome científico da praga é Tropidacris collaris. O alerta vai até 31 de março de 2021 e tem como principal objetivo implementar medidas, junto aos produtores, para diminuir o impacto dos insetos.

De acordo com o Senasa, os tucuras são insetos que "comem muito, alimentando-se de quase todas as plantas, incluindo plantações, pastagens e flora nativa".

Por causa disso, os especialistas apontam que eles "podem afetar a atividade agropecuária de forma direta e a pecuária de forma indireta, pois reduz a disponibilidade de recursos forrageiros".

A praga vem avançando nas províncias de Santa Fé, Entre Ríos, San Luis e em Pergamino, Buenos Aires. Já nas províncias de Córdoba, Santiago del Estero, Santa Fé, Catamarca, Chaco e Salta houve aumento populacional.

Os insetos já causaram danos às lavouras de soja, milho, algodão e sorgo, além de matas nativas e pastagens.