PUBLICIDADE
IPCA
1,35% Dez.2020
Topo

Mídia e Marketing

Colunistas do UOL comentam eleições no Congresso hoje, às 16h, ao vivo

Colunistas do UOL comentam eleições no Congresso hoje, às 16h, ao vivo -                                 Marcello Casal JrAgência Brasil
Colunistas do UOL comentam eleições no Congresso hoje, às 16h, ao vivo Imagem: Marcello Casal JrAgência Brasil

Do UOL, em São Paulo

01/02/2021 08h38

Nesta segunda-feira (1º), a partir das 16h, colunistas do UOL e convidados analisam as eleições para a presidência do Senado e da Câmara dos Deputados. O programa será apresentado por Josias de Souza e terá as participações de Tales Faria, Thaís Oyama, Kennedy Alencar, Leonardo Sakamoto e Carla Araújo.

A live será transmitida pela home do UOL e pelos canais do UOL no YouTube e Facebook. Os internautas poderão interagir e enviar perguntas por meio dessas plataformas.

No Senado, o favorito é Rodrigo Pacheco (DEM-MG), apoiado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), pelo atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e até por partidos de oposição, como PT e PDT.

Senadores ouvidos pelo UOL acreditam que Pacheco vencerá já no primeiro turno, com ao menos 53 votos. Até mesmo aliados de sua principal rival, a senadora Simone Tebet (MDB-MS), que derreteu ao longo das últimas semanas, não estão otimistas em conseguir uma nova rodada de votação.

Já a disputa na Câmara apresenta um cenário mais indefinido. As duas principais candidaturas - de Arthur Lira (PP-AL) e de Baleia Rossi (MDB-SP) - estão mais preocupadas em evitar dissidências e traições nesta reta final. Publicamente não admitem, mas ambos trabalham com uma eleição palmo a palmo em dois turnos e vitória apenas no segundo turno, embora Lira tenha crescido na última semana.

Lira é o candidato apoiado por Bolsonaro e aposta em uma campanha crítica à atuação do presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que apoia Baleia Rossi. O emedebista acusa o Planalto de jogar pesado na distribuição de cargos e benesses em troca de votos para Lira. E tem como estratégia uma campanha anti-Bolsonaro, capaz de assegurar a permanência dos partidos de esquerda ao seu lado.

Mídia e Marketing