PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Em 4 meses, mais de 159 milhões de chaves foram cadastradas no Pix

Pix, novo meio de pagamento do Banco Central - TIAGO CALDAS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
Pix, novo meio de pagamento do Banco Central Imagem: TIAGO CALDAS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

18/02/2021 15h52

Mais de 159 milhões de chaves de acesso foram cadastradas para usar as funcionalidades do Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central (BC), em quatro meses de serviço. A maior parte delas (152.478.535) são de pessoas físicas e o restante, de empresas.

De acordo com o último dado do Banco Central, em janeiro deste ano, foram mais de 200 milhões de transações feitas. Um aumento em relação a dezembro, que contou com 144.532.320 transações, e 27.614.584 em novembro do ano passado. A maior parte das transações foi feita na região Sudeste.

Segundo o diretor de Organização do Sistema Financeiro e de resolução do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, a ideia é que este ano novas funcionalidades sejam atribuídas ao Pix. Entre elas estão o saque no varejo, integração com conta salário e pagamento por aproximação.

Pix receberá pagamento de energia em 11 estados

Consumidores de 11 estados poderão pagar contas de energia pelo Pix. A novidade vale para clientes das distribuidoras do grupo Energisa e foi desenvolvida em conjunto com o Banco do Brasil.

O código QR (versão avançada do código de barras) será incluído nas faturas físicas. Bastará o consumidor abrir o aplicativo do seu banco, apontar a câmera do celular e fazer o pagamento.

Inicialmente, a novidade estará disponível apenas para clientes selecionados. Nos próximos três meses, o pagamento via Pix será expandido até atingir os 8 milhões de clientes das distribuidoras da Energisa. O grupo opera nos seguintes estados: Acre, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, São Paulo, Sergipe e Tocantins.

Apesar de o Banco do Brasil ter desenvolvido a solução tecnológica, a ferramenta estará disponível para clientes de qualquer banco, mesmo os não bancarizados. Como o Pix funciona 24 horas por dia, o pagamento poderá ser liquidado imediatamente, inclusive em fins de semana e feriados.

PUBLICIDADE