PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Influenciadores de finanças falam com 74 milhões de pessoas, diz estudo

Top 3 influenciadores no estudo da Anbima - Reprodução
Top 3 influenciadores no estudo da Anbima Imagem: Reprodução

João José Oliveira

Do UOL, em São Paulo

08/06/2021 17h11

Resumo da notícia

  • Estudo da Anbima mostra 266 influenciadores digitais que falam sobre investimentos no YouTube, Twitter, Instagram e Facebook
  • Levantamento traçou os donos de 591 perfis em diferentes redes sociais que conversam com uma multidão de investidores
  • Foram analisados dados de mais de 160 mil postagens públicas. Veja os líderes

A Bolsa e o mundo das aplicações viraram mesmo pop e já engajaram 74 milhões de seguidores que acompanham 266 influenciadores digitais que falam sobre investimentos no YouTube, Twitter, Instagram e Facebook. É o que aponta estudo inédito divulgado nesta quinta-feira (8) pela Anbima, (Associação Brasileira dos Mercados Financeiro e de Capitais), entidade que representa bancos, corretoras, gestoras de recursos e outras instituições financeiras.

O mapeamento que contou com o apoio do IBPAD (Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados) traçou os donos de 591 perfis em diferentes redes sociais que conversam com uma multidão maior que aquela que segue os grandes veículos de imprensa nas mesmas redes sociais.

Estamos nos aprofundando nas análises sobre os influenciadores para entender como eles se comportam, como falam com os investidores, quais produtos mencionam mais. Essas informações são um rico aprendizado sobre como impactar diretamente o público e sobre como o tema investimento é tratado na internet. Além, é claro, de trazerem insights para as estratégias da Anbima dos nossos associados.
Marcelo Billi, superintendente de comunicação, marketing e educação da Anbima

160 mil postagens em menos de cinco meses

No levantamento foram analisados dados de mais de 160 mil postagens públicas e sem considerar stories, feitos de 26 de setembro de 2020 a 5 de fevereiro de 2021.

A partir do tipo de conteúdo divulgado e das informações publicadas nos perfis dos influenciadores, o material foi dividido em 11 diferentes categorias -como produtores de conteúdo, traders e casas de análise.

A base de seguidores também foi classificada, de acordo com quatro tamanhos: pequenos, médios, grandes e gigantes.

Veja abaixo os destaques entre os influenciadores

  • Popularidade Twitter: Nath Finanças com 441 mil seguidores
  • Popularidade Instagram: Carol Dias, com 5,9 milhões de seguidores
  • Popularidade Youtube: Me Poupe! com 5,7 milhões de seguidores
  • Popularidade Facebook: Empiricus, com 1,1 milhão de seguidores
  • Atratividade Twitter: Nath Finanças com 2 mil interações
  • Atratividade Instagram: Nathalia Arcuri com 10,8 mil interações
  • Atratividade Youtube: Me Poupe! com 70,5 mil interações
  • Atratividade Facebook: Economista Sincero, com 1,2 mil interações

Conversas de nicho

Segundo a Anbima, muitas vezes um influenciador que aparenta ter grande impacto nas mídias, na verdade, está falando com um público restrito, muitas vezes de nicho, e essa audiência não consome outros conteúdos da rede relacionados a investimentos.

Isso mostra que existem canais que podem ficar restritos a uma 'bolha' e com influência limitada, já que estão falando para um público que consome apenas aquele conteúdo e não impacta o restante da rede.
Marcelo Billi, da Anbima

Segundo o executivo da Anbima, um canal que em um momento estava falando para um público restrito no momento seguinte pode estar no centro de uma discussão com vários outros personagens da rede.