PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Mídia e Marketing

Leonardo Queiroz, da Kroton: "Ensino a distância democratiza a educação"

Renato Pezzotti

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/06/2021 12h20

A pandemia mudou completamente o setor de educação. Como uma empresa de ensino pode ajudar na educação brasileira? E como fazer propaganda para faculdade sem falar de clichês?

O programa Mídia e Marketing dessa semana recebe Leonardo Queiroz, vice-presidente de crescimento da Kroton. O grupo de educação, hoje, conta com quase um milhão de alunos, com 130 escolas próprias, com marcas como Anhanguera, Unopar e Uniderp, entre outras faculdades.

"Havia um preconceito muito grande em relação ao ensino a distância. Mas, na verdade, ele pode ajudar a democratizar a educação no mundo todo. O mercado de ensino a distância abre as portas do ensino superior para muita gente", afirma o executivo (a partir de 4:41).

Segundo Leonardo, o Brasil hoje possui 32 milhões de pessoas com segundo grau completo, mas sem cursos superior -e esse é um grande mercado para as escolas.

"O Brasil é o segundo país com maior diferença salarial entre quem faz curso superior e quem não faz. Mas por que as pessoas não fazem, então? Porque elas têm medo, acham caro ou não têm referência de pessoas que tiveram sucesso em cursos superiores. Precisamos mudar isso. Instituição de ensino entrega conhecimento e preparação para você ter sucesso", diz (a partir de 8:10).

Customização é o futuro do marketing

E como fazer propaganda para faculdade sem falar de clichês? A fragmentação da mídia mudou muito a forma de fazer publicidade?

Para o executivo, que já atuou em empresas de telefonia e na Apple, o futuro do marketing é a customização. "Estamos mudando do modelo de massa, onde fazíamos uma publicidade para todo mundo, para trabalhar com o consumidor que quer receber conteúdos altamente customizáveis. Para reter a atenção das pessoas hoje, você tem que ser hiper criativo, tem que ser muito bom" (a partir de 24:12).

"Publicidade sempre vai ter seu charme. Ela precisa entregar valor, tem que ser criativa e em um período de tempo curto. Os meios (de comunicação) estão mudando, mas como você passa essa mensagem é que é o grande "tchan"" (a partir de 30:12).

Mídia e Marketing