PUBLICIDADE
IPCA
1,25 Out.2021
Topo

Milionários do Reino Unido querem pagar mais imposto para ajudar a economia

Grupo de 30 milionários endereçou carta ao ministro das Finanças do Reino Unido, Rishi Sunak (foto) - Pippa Fowles/AFP
Grupo de 30 milionários endereçou carta ao ministro das Finanças do Reino Unido, Rishi Sunak (foto) Imagem: Pippa Fowles/AFP

Colaboração para o UOL

26/10/2021 11h27Atualizada em 26/10/2021 18h46

Um grupo de 30 milionários do Reino Unido redigiu uma carta aberta, endereçada ao ministro das Finanças, Rishi Sunak, pedindo que o governo cobre mais impostos deles e de outras pessoas ricas para contribuir com a recuperação econômica. "O custo não pode recair sobre os jovens ou com rendimentos mais baixos".

No documento, os signatários dizem que as pessoas mais ricas são fonte de recursos para lidar com a desigualdade causada pela pandemia do coronavírus e mudanças climáticas.

Nós sabemos onde você pode encontrar esse dinheiro, em detentores de riqueza fiscal como nós. Podemos contribuir mais e queremos investir no reparo e na melhoria de nossos serviços compartilhados. Temos orgulho de pagar nossos impostos para reduzir a desigualdade, apoiar uma assistência social mais forte e o NHS [Serviço Nacional de Saúde], e para garantir que estejamos construindo uma sociedade mais justa e verde.

Os milionários dizem que o aumento planejado de 1,25% nas contribuições para o seguro nacional "afetaria mais duramente os trabalhadores", portanto, os impostos sobre os mais ricos da sociedade deveriam ser aumentados.

O grupo pede ao ministro que olhe para qualquer política que tribute a riqueza como uma prioridade, que vai desde a equalização dos ganhos de capital com o imposto de renda, uma revisão do imposto sobre a propriedade, até a introdução de um imposto sobre o patrimônio líquido.

"O custo da recuperação não pode recair sobre os jovens ou os de menor renda. Muitos de nós - pessoas com riqueza - apoiaremos um sistema de tributação mais progressivo e pedimos que façam o mesmo ", diz o grupo, que faz parte do movimento Milionários Patrióticos. "Ao decidir como preencher a lacuna financeira, olhe para nós. Reparar nosso país é mais valioso do que aumentar nossa riqueza."

Os milionários também citam na carta as revelações do Pandora Papers, investigação jornalística produzida pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ na sigla em inglês), que revelou offshores ligadas a 133 bilionários - de mais de 40 países - listados no ranking da revista Forbes. "Demonstra mais uma vez como pessoas ricas e poderosas se beneficiam de um sistema tributário de duas camadas".

De acordo com o jornal The Guardian, à medida que a crise do custo de vida se aprofunda e atinge as famílias mais pobres do Reino Unido, a fortuna combinada dos bilionários aumentou 22% para 597 bilhões de euros desde o início da pandemia do coronavírus.

PUBLICIDADE