PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Doces de 'piroca' e 'pepeca': BH ganha filial da loja portuguesa La Putaria

Waffles da padaria portuguesa La Putaria, que abriu uma filial em Belo Horizonte  - Reprodução
Waffles da padaria portuguesa La Putaria, que abriu uma filial em Belo Horizonte Imagem: Reprodução

Ígor Passarini

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

28/01/2022 18h38

Olhares curiosos, tímidos e empolgados. Quem passou pela região da Savassi, bairro boêmio de Belo Horizonte no final da tarde desta quinta-feira (27), teve a oportunidade de conferir a inauguração da primeira unidade internacional da padaria portuguesa La Putaria, que vende waffles, um doce de origem belga, em formato de "pepecas" e "pirocas".

Com preços entre R$ 21 e R$ 25, os "piroffles" e as "xoxoffles" são servidos com chocolate, Nutella, doce de leite, banana, morango e outras coberturas.

Os nomes no cardápio fazem referência a "dates", como "Contatinho", "Crush" e "Sugar Baby".

Izabela (à esq.) escolheu uma "pepeca", e Luiza, uma "piroca" - Ígor Passarini/UOL - Ígor Passarini/UOL
Izabela (à esq.) escolheu uma "pepeca", e Luiza, uma "piroca"
Imagem: Ígor Passarini/UOL

As empresárias Izabela Carvalho, 28, e Luiza Leão, 27, souberam da inauguração pelas redes sociais. "Acho que nem Belo Horizonte nem o Brasil tinha algo assim. Eu já conhecia a marca por causa do Instagram da loja de Lisboa e adorei quando vi que iam abrir aqui", disse Izabela.

Victor Guerra, 22, disse ter gostado da comida com significado - Ígor Passarini/UOL - Ígor Passarini/UOL
Victor Guerra, 22, disse ter gostado da comida com significado
Imagem: Ígor Passarini/UOL

"Achei uma iniciativa legal e ousada. Precisamos objetificar a comida", declarou o estudante Victor Guerra, 22, presente na inauguração.

A sex coach Mariana Trancoso, 32, foi à inauguração da padaria La Putaria em BH - Ígor Passarini/UOL - Ígor Passarini/UOL
A sex coach Mariana Trancoso escolheu um 'piroffle' com chocolate belga e chocolate branco
Imagem: Ígor Passarini/UOL

A sex coach Mariana Trancoso, 32, disse que a abertura do estabelecimento é importante. "Ajuda a desconstruir, porque uma coisa puxa a outra. Por meio do produto, a pessoa também quebra o tabu —vagina e pênis não têm nada de anormal", diz.

Empresária é de BH e mora em Portugal

A brasileira Juliana Lopes abriu a 1ª unidade em Lisboa, junto com o namorado, o austríaco Robert Kramer - Ígor Passarini/UOL - Ígor Passarini/UOL
A brasileira Juliana Lopes abriu a 1ª unidade em Lisboa, junto com o namorado, o austríaco Robert Kramer
Imagem: Ígor Passarini/UOL

É a segunda unidade da padaria, que tem sede em Lisboa, Portugal. A capital mineira foi escolhida por ser a terra natal da fundadora e empresária, Juliana Lopes, 26. Ela e o namorado austríaco, Robert Kramer, 34, moram na Europa e abriram a padaria por lá há seis meses.

Doces têm nomes bem-humorados - Ígor Passarini/UOL - Ígor Passarini/UOL
Doces têm nomes bem-humorados
Imagem: Ígor Passarini/UOL

Segundo Juliana, um amigo deu a ideia do negócio e o casal fez algumas adaptações.

"No começo, achei engraçado e não levei tão a sério, mas o Robert gostou e disse que queria algo do gênero".

A receita da massa de waffle utilizada nas "pirocas" e "pepecas" foi desenvolvida por Juliana, junto com a mãe e a cunhada.

Ainda de acordo com a empresária, o produto foi muito bem aceito pelo público. "Não existe um padrão de público, porque é uma marca feita para ser leve e engraçada", disse.

O casal planeja ficar três meses em Belo Horizonte e depois voltar para Portugal. "A ideia é expandir para outras cidades no Brasil e na Europa", declarou Juliana.

Segundo eles, também está nos planos lançar franquias da marca.