PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

Pagamento do 13º a aposentados do INSS começa em 25 de abril; veja datas

Beneficiários do INSS receberão duas parcelas do 13º salário  - Getty Images
Beneficiários do INSS receberão duas parcelas do 13º salário Imagem: Getty Images

Fabrício de Castro

Do UOL, em Brasília

17/03/2022 20h14

O governo anunciou a antecipação do pagamento do 13º salário para aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Os depósitos começarão a ser feitos em 25 de abril, obedecendo ao calendário habitual de liberação dos benefícios mensais. Os valores do 13º serão pagos em duas parcelas.

A antecipação para aposentados e pensionistas é uma das medidas do pacote anunciado pelo governo para impulsionar a economia em 2022, ano em que o presidente Jair Bolsonaro (PL) tentará a reeleição. De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, a antecipação vai atingir 30,5 milhões de beneficiários em todo o país. Serão liberados um total de R$ 56,7 bilhões.

A primeira parcela, de 50% do valor do benefício, será paga de 25 de abril a 6 de maio. A segunda parcela será depositada de 25 de maio a 7 de junho. A data de recebimento das parcelas é a mesma na qual a aposentadoria ou pensão é depositada. Normalmente, os pagamentos do 13º salário são feitos em agosto e novembro.

Pelas regras do INSS, o dia de pagamento leva em conta o último número do benefício, sem o dígito. Quem recebe um salário mínimo (R$ 1.212 em 2022) está na frente da fila.

A legislação determina ainda que apenas beneficiários de aposentadorias e pensões têm direito ao 13º. Ficam de fora as pessoas que recebem benefícios assistenciais, como o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Calendário completo

Veja o calendário de recebimento das duas parcelas do 13º salário do INSS, que será antecipado pelo governo:

Data da primeira parcela

Para quem ganha um salário mínimo:

  • 25 de abril (benefício final 1)
  • 26 de abril (final 2)
  • 27 de abril (final 3
  • 28 de abril (final 4)
  • 29 de abril (final 5)
  • 2 de maio (final 6)
  • 3 de maio (final 7)
  • 4 de maio (final 8)
  • 5 de maio (final 9)
  • 6 de maio (final 0)

Para quem ganha mais de um salário mínimo:

    • 2 de maio (benefícios com finais 1 e 6)
    • 3 de maio (finais 2 e 7)
    • 4 de maio (finais 3 e 8)
    • 5 de maio (finais 4 e 9)
    • 6 de maio (finais 5 e 0)

    Data da segunda parcela

    Para quem ganha um salário mínimo:

    • 25 de maio (benefício final 1)
    • 26 de maio (final 2)
    • 27 de maio (final 3
    • 30 de maio (final 4)
    • 31 de maio (final 5)
    • 1º de junho (final 6)
    • 2 de junho (final 7)
    • 3 de junho (final 8)
    • 6 de junho (final 9)
    • 7 de junho (final 0)

    Para quem ganha mais de um salário mínimo:

      • 1º de junho (benefícios com final 1 e 6)
      • 2 de junho (finais 2 e 7)
      • 3 de junho (finais 3 e 8)
      • 6 de junho (finais 4 e 9)
      • 7 de junho (finais 5 e 0)

      Valores proporcionais

      O Ministério do Trabalho e Previdência informou que pessoas que passaram a receber aposentadoria ou pensão depois de janeiro receberão um valor, referente ao 13º salário, calculado de forma proporcional.

      Além disso, os segurados do INSS que recebem por incapacidade temporária (o antigo auxílio-doença) receberão valor calculado de acordo com o tempo de duração do benefício.