Alaska Air compra Virgin America por US$ 2,6 bi

  • Reprodução/MSNBC

NOVA YORK (Reuters) - A Alaska Air Group disse nesta segunda-feira (4) que compraria a Virgin America por US$ 2,6 bilhões para se tornar a maior empresa aérea da Costa Oeste dos Estados Unidos e competir de maneira mais eficiente com linhas aéreas maiores.

O acordo parece finalizar com o que o presidente-executivo da Alaska Air, Brad Tilden, chamou de "dura batalha" para comprar a Virgin America.

A JetBlue Airways também fez uma oferta pela divisão do Virgin Group, do bilionário Richard Branson, que se tornou famoso por seus voos com iluminação ambiente e ricos em entretenimento.

O acordo criaria a quinta maior companhia aérea do mundo, após uma década de fusões que encolheu o setor para um punhado de empresas. As quatro maiores controlam mais de 80% do mercado de viagens dos Estados Unidos.

A Virgin America corresponde a cerca de 1,5% da capacidade doméstica de voos, enquanto a Alaska Air e a subsidiária Horizon Air correspondem a 5%, escreveu o analista do Deutsche Bank, Michael Linenberg, em uma nota recente.

(Por Jeffrey Dastin e Ankit Ajmera)

Gigante A380 faz primeiro voo comercial para o Brasil

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos