Bolsas

Câmbio

Preocupações com reformas nos EUA pressionam índices acionários europeus

Por Danilo Masoni

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus fecharam em queda nesta terça-feira, revertendo os ganhos anteriores uma vez que o nervosismo com a capacidade do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de avançar com as reformas apagou as notícias sobre o debate dos candidatos à Presidência na França.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,5 por cento, a 1.481 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,53 por cento, a 376 pontos.

Mais cedo, o STOXX 600 havia chegado a avançar 0,4 por cento, atingindo a máxima de 15 meses.

Trump advertiu os parlamentares republicanos nesta terça-feira de que os eleitores poderiam puni-los se não aprovarem um projeto de lei para desfazer o Obamacare, em uma nova pressão na primeira grande disputa legislativa de sua Presidência.

"As preocupações de que os republicanos não têm votos suficientes para aprovar a legislação de saúde (estão) afetando as ações e direcionando as apostas no mercado já que isso provavelmente provocará atrasos na legislação tributária também", disse Stephane Ekolo, estrategista-chefe do Market Securities.

A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos deve votar o projeto na quinta-feira.

As perspectivas de cortes tributáriose e grandes estímulos fiscais nos EUA ajudaram os mercados acionários europeus a registrar forte alta nos últimos meses, somando-se a dados econômicos fortes na região e a uma temporada de resultados favoráveis.

Nesta terça-feira, os bancos começaram com força depois que as preocupações com a eleição francesa foram aliviadas uma vez que o centrista Emmanuel Macron consolidou sua posição de favorito no primeiro debate presidencial na televisão.

O índice de bancos do STOXX devolveu os ganhos após máximas, mas ainda conseguiu terminar com alta de 0,1 por cento.

Já as ações da Fingerprint Cards despencaram 32 por cento, maior perda no STOXX, após a empresa de biometria sueca ter desistido de planos de pagar dividendos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,69 por cento, a 7.378 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,75 por cento, a 11.962 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,19 por cento, a 5.002 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,25 por cento, a 19.918 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,02 por cento, a 10.211 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,10 por cento, a 4.635 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos