Bolsas

Câmbio

Nestlé investe em fábricas e criará 2.900 empregos na América Latina

SANTIAGO (Reuters) - A gigante suíça de alimentos Nestlé está criando milhares de empregos e investindo em novas fábricas na América Latina, conforme busca abordar problemas sociais e fortalecer sua posição em um de seus principais mercados, disse na terça-feira o diretor regional para Américas, Laurent Freixe.

A fabricante de chocolates Kit Kat e café Nespresso está trabalhando com autoridades do governo em quatro países que são membros da Aliança Pacífico - Chile, México, Peru e Colômbia -, a fim de criar 2.900 vagas para jovens em três anos e ensinar habilidades para busca de emprego.

"Nossa visão sobre responsabilidade corporativa é que para torná-la sustentável temos que fazer de modo incorporado ao nosso modelo de negócios. Integrar pessoas jovens pode nos ajudar a moldar nossa companhia em um momento de revolução digital", afirmou Freixe à Reuters em entrevista concedida na capital chilena.

"Não estamos propondo os empregos apenas para fazer bem à sociedade. Nossos negócios estão se desenvolvendo e temos necessidades reais", acrescentou.

A iniciativa segue projeto similar conduzido pela Nestlé na Europa nos últimos anos, quando alguns países apenas começavam a se recuperar da crise de desemprego entre os jovens.

A Nestlé emprega cerca de 60 mil pessoas em funções que variam desde operários em fábricas a veterinários na América Latina.

(Por Rosalba O'Brien)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos