Bolsas

Câmbio

CMO aprova relatório preliminar da LDO 2018

BRASÍLIA (Reuters) - A Comissão Mista de Orçamento (CMO) do Congresso Nacional aprovou na noite desta quarta-feira o relatório preliminar da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, com meta de déficit primário de 129 bilhões de reais, após reunião de líderes feita mais cedo ter acordado o adiantamento dos trabalhos.

De início, a votação seria feita na quinta-feira. Mas os parlamentares têm feito esforços para acelerar a análise da matéria em caráter final no colegiado até 13 de julho, liberando-a para apreciação em sessão conjunta do Congresso Nacional antes do recesso parlamentar, marcado para 18 a 31 de julho.

Por lei, o Congresso não pode parar antes da votação da LDO.

    Segundo a assessoria de imprensa da CMO, a votação desta quarta-feira ainda não analisou o mérito da proposta, mas apenas questões formais de emendas. A entrega do parecer final pelo relator da matéria, deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), está prevista para até 10 de julho.

    O rombo de  de 129 bilhões de reais previsto para o governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência Social) será, se confirmado, o quinto resultado consecutivo no vermelho do país, ressaltando a trajetória de deterioração fiscal em meio à fraqueza na atividade econômica e, por conseguinte, na arrecadação federal.

 

(Por Marcela Ayres)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos