Bolsas

Câmbio

Lucro líquido da CPFL Energia cai 48,7% para R$123 mi no 2º tri

SÃO PAULO (Reuters) - A CPFL Energia registrou lucro líquido de 123 milhões de reais no segundo trimestre de 2017, queda de 48,7 por cento ante o igual período do ano passado, em meio a um aumento dos custos da energia elétrica e das despesas financeiras, de acordo com resultados divulgados pela companhia nesta quinta-feira.

A geração de caixa operacional medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda), contudo, avançou 6,3 por cento para 1,027 bilhão de reais na comparação anual.

Essa alta refletiu "principalmente a contribuição da consolidação integral da RGE Sul e a melhora nos resultados dos segmentos de Geração e Renováveis", disse o presidente da companhia, Andre Dorf, no comunicado.

A receita operacional líquida da empresa subiu 33,1 por cento na comparação anual para 5,963 bilhões de reais, mas o custo da energia elétrica subiu 40,3 por cento, para 3,74 bilhões de reais, e as despesas operacionais avançaram 35 por cento, a 1,66 bilhão de reais.

A despesa financeira líquida subiu 58,4 por cento para 418 milhões de reais, refletindo uma queda de 33,2 por cento nas receitas e aumento de 7,3 por cento nas despesas.

A empresa também destacou o aumento de 36,9 por cento nos investimentos no segundo trimestre, que somaram 698 milhões de reais, e reafirmou o plano de investir cerca de 3 bilhões de reais neste ano. No primeiro semestre, os investimentos somaram 1,38 bilhão de reais, aumento de 43,8 por cento ante o mesmo período do ano passado.

Do total investido no trimestre, 440 milhões de reais foram direcionados para a distribuição.

(Por Laís Martins)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos