Bolsas

Câmbio

Fiat e Maersk limitam quedas dos mercados europeus

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus foram pressionados nesta segunda-feira pelas tensões geopolíticos, porém a Fiat Chrysler e a Maersk ajudaram a limitar as perdas.

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,41 por cento, a 1.463 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,4 por cento, a 373 pontos.

O índice de blue-chips da zona do euro recuou 0,65 por cento. Após perdas recentes, o STOXX 600 estava cerca de 6 por cento abaixo de sua máxima de 20 meses atingida em maio.

Os mercados foram pressionados após sessão asiática fraca, em que os investidores se desfizeram de ativos arriscados uma vez que Coreia do Sul e Estados Unidos deram início a exercícios militares conjuntos.

Entretanto as ações da Fiat Chrysler subiram 6,92 por cento depois que a montadora chinesa Great Wall disse que estava interessada na empresa ítalo-americana, confirmando as notícias de que ela está buscando parte ou toda a posse da proprietária das marcas Jeep e Ram.

A Maersk avançou 2,89 por cento depois que a empresa concordou em vender a Maersk Oil para a Total francesa por 7,45 bilhões de dólares.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,07 por cento, a 7.318 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,82 por cento, a 12.065 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,52 por cento, a 5.087 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,28 por cento, a 21.752 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,25 por cento, a 10.360 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,37 por cento, a 5.166 pontos.

(Por Helen Reid)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos