Bolsas

Câmbio

Citrosuco diz que embarques ocorrem normalmente após vazamento de amônia

SÃO PAULO (Reuters) - Os embarques de suco de laranja pelo terminal da Citrosuco no Porto de Santos (SP) ocorrem normalmente nesta terça-feira e apenas a área de refrigeração do produto está com os trabalhos suspensos após um vazamento de amônia no local, afirmou a companhia em nota.

O problema ocorreu na noite de segunda-feira e foi totalmente controlado por volta das 22h. Dois funcionários terceirizados ficaram feridos.

"A Citrosuco esclarece que a amônia é utilizada em seu processo de refrigeração do suco de laranja, desde o início das operações da empresa em Santos. Os trabalhos no terminal estão paralisados até o término das apurações internas para que possam ser retomados com a devida segurança. Já os embarques de navio não foram afetados e seguem normalmente", afirmou a companhia.

De acordo com a assessoria de imprensa da Citrosuco, a área de refrigeração deve ser reaberta ainda nesta terça-feira.

A Citrosuco, uma das maiores empresas de suco de laranja do mundo, tem operações divididas em 47 unidades, sendo quatro fábricas, 29 fazendas, três operações de armazena­mento, cinco terminais marítimos e seis escritórios comerciais, segundo informações do site da empresa.

A companhia do Brasil, o maior exportador global de suco de laranja, diz ter clientes em mais de cem países.

Mais cedo, a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) informou que as atividades no Porto de Santos não foram prejudicadas pelo vazamento de amônia, cujas causas e eventuais impactos ao meio ambiente serão investigados pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

(Por José Roberto Gomes)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos