Bolsas

Câmbio

Mercados acionários chineses atingem máxima de 21 meses após feriado de 1 semana

SYDNEY/XANGAI (Reuters) - Os mercados acionários da China atingiram as máximas de 21 meses nesta segunda-feira, após o feriado prolongado, impulsionados pela redução da taxa de reservas compulsórias dos bancos e pelo forte desempenho na semana passada dos mercados mundiais.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 1,19 por cento, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,77 por cento.

Durante a sessão, o CSI300 chegou a avançar 2,1 por cento. Os índices reduziram a alta com movimento de realização de lucros em meio a dúvidas sobre se os avanços sólidos nas empresas do setor financeiro são sustentáveis.

A maioria dos setores avançou, com a alta sendo liderada pelos setores bancário e imobiliário, já que os investidores responderam ao corte na taxa de reserva que o banco central exige, o que começará a vigorar no próximo ano para aumentar os empréstimos para as pequenas empresas.

O índice bancário chegou a avançar 4,1 por cento na sessão, mas terminou o dia com alta de 1,04 por cento. O índice do setor imobiliário subiu 1,02 por cento.

Os dados decepcionantes no setor de serviços do país afetaram pouco os mercados chineses, impulsionados pelo otimismo com o crescimento global.

"A economia global continua a sua recuperação sincronizada, como evidenciado por dados robustos em todas as regiões, incluindo surpresas no crescimento salarial nos EUA e no Japão", escreveram analistas do Barclays em nota.

Havia pouca liquidez na operação do índice MSCI com o Japão e a Coreia do Sul fechados e pelo feriado parcial nos Estados Unidos, onde o mercado de ações vai operar mas a venda de títulos ficará fechada.

O índice MSCI, que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, tinha queda de 0,1 por cento às 7:20 (horário de Brasília), após avançar 1,7 por cento na semana passada.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei não operou.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,46 por cento, a 28.326 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,77 por cento, a 3.374 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,19 por cento, a 3.882 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI não abriu.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX permaneceu fechado.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 0,01 por cento, a 3.291 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,50 por cento, a 5.739 pontos.

(Por Luoyan Liu e John Ruwitch)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos