Bolsas

Câmbio

Bovespa sobe com tentativa do governo de avançar reforma da Previdência e de olho em balanços

SÃO PAULO (Reuters) - O principal índice da bolsa paulista operava no azul nesta quarta-feira, buscando uma recuperação após cair mais de 2 por cento na véspera, amparado nas articulações do governo Michel Temer para aprovar a reforma da Previdência e também de olho no noticiário corporativo carregado de resultados trimestrais.

Às 12:12, o Ibovespa subia 1,06 por cento, a 73.181 pontos. O giro financeiro somava 1,76 bilhão de reais.

Os temores de que a reforma da Previdência não avance pesaram nos mercados na véspera, levando o presidente Temer a divulgar um vídeo para afirmar que está empenhado na negociação da proposta, em mais um movimento de redução de danos depois de ter passado a impressão que havia desistido das mudanças.

Nesta manhã, o vice-líder do governo na Câmara dos Deputados Darcísio Perondi (PMDB-RS) disse após encontro com Temer, ministros e deputados que a base vai apresentar emenda substitutiva para reforma da Previdência e que o governo está encontrando uma alternativa para que a emenda seja aprovada.

Também após o encontro, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que não há decisão concreta sobre a estratégia para votação da reforma da Previdência e que o governo segue empenhado em conversas com lideranças parlamentares para aprovação das mudanças ainda neste ano.

"Após reações dos mercados, o Planalto se esforça para reacender a esperança, ainda que mínima, de que a reforma da Previdência pode ser aprovada, ainda que numa versão (cada vez mais) enxuta", escreveram analistas da corretora Guide Investimentos, em nota a clientes.

DESTAQUES

- PETROBRAS PN subia 1,82 por cento e PETROBRAS ON tinha alta de 1,45 por cento, em movimento de ajuste após o recuo da véspera, quando o papel preferencial perdeu mais de 5 por cento.

- VALE ON ganhava 0,98 por cento, na contramão dos contratos futuros do minério de ferro na China que recuaram nesta sessão.

- GERDAU PN tinha alta de 0,85 por cento, tendo no radar seus resultados do terceiro trimestre que mostraram lucro líquido consolidado de 145 milhões de reais, alta de 52,6 por cento em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a equipe da XP Investimentos, um dos destaques do balanço foi o fluxo de caixa livre positivo, mostrando evolução em relação aos dois trimestres anteriores.

- USIMINAS PNA subia 3,7 por cento, recuperando-se das fortes perdas da véspera, quando o papel fechou em baixa de 8,7 por cento. CSN ON ganhava 2,36 por cento.

- TIM PARTICIPAÇÕES ON avançava 3,41 por cento, após reportar avanço de 51,6 por cento no lucro do terceiro trimestre, para 279 milhões de reais. A equipe da Coinvalores destacou que empresa tem conseguido ampliar sua base de clientes pós-pagos em detrimento dos pré-pagos, o que tem trazido mais previsibilidade em sua receita e se traduzido em ganhos de margens.

- QUALICORP ON tinha alta de 4,69 por cento, reagindo aos números reportados para o terceiro trimestre, que mostraram lucro líquido de 113,3 milhões de reais, um salto de 52,6 por cento ante um ano antes. Segundo analistas do BTG Pactual, as margens da Qualicorp continuam a surpreender positivamente, ofuscando preocupações com a receita.

- MRV ON subia 0,94 por cento, após o resultado do terceiro trimestre que mostrou crescimento de 35 por cento no lucro ante igual período do ano passado, para 202 milhões de reais. Para analistas do Credit Suisse, os números operacionais foram fortes, mas a atenção se volta agora para o quarto trimestre e para a nova realidade do programa Minha Casa Minha Vida. A equipe, que tem recomendação neutra para os papéis, destaca que prefere a cautela por ora, uma vez que o valor não parece atraente o suficiente para compensar um cenário de menos disponibilidade de crédito.

- SMILES ON subia 3,27 por cento e era uma das maiores altas do Ibovespa, em movimento de recuperação após cair mais de 5 por cento na véspera.

- GOL PN, que não faz parte do Ibovespa, avançava 6,67 por cento após informar seus números referentes ao terceiro trimestre. No período, a Gol teve lucro líquido de 327,6 milhões de reais, revertendo o prejuízo de 900 mil reais no mesmo período de 2016.

(Por Flavia Bohone)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos