Bolsas

Câmbio

AccorHotels encerra serviço de reservas para hotéis independentes

PARIS (Reuters) - O AccorHotels , maior grupo de hotéis da Europa, disse nesta quinta-feira que cancelará um serviço online que permite que hotéis independentes ofereçam quartos em seu site de reservas porque o recurso não conseguiu atender às expectativas.

A decisão é um revés para o presidente-executivo, Sébastien Bazin, que lançou a iniciativa em 2015 para lutar contra agentes de viagens online, como Expedia e Booking.com, que foram acusados ​​de impactar as margens dos grupos hoteleiros tradicionais.

"O grupo decidiu parar de anunciar hotéis independentes em seu site no final de 2017, uma vez que os resultados foram mistos", afirmou uma porta-voz da AccorHotels, confirmando uma reportagem da revista L'Echo Touristique.

O serviço buscava triplicar para 10 mil o número de hotéis oferecidos no AccorHotels online até 2018. Mas apenas 2 mil hotéis independentes se inscreveram.

Um obstáculo era que os clientes que usavam o site tinham maior propensão a fazer reservas em uma das conhecidas marcas do grupo, como Pullman, Mercure, Ibis ou Raffles, do que em hotéis desconhecidos.

O AccorHotels, que administra mais de 4 mil hotéis em todo o mundo e vem se expandindo através de aquisições no segmento de luxo e novos serviços de atendimento, agora quer se concentrar em integrar e desenvolver seu grande portfólio de marcas.

(Por Dominique Vidalon e Pascale Denis)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos