Vendas de materiais de construção no Brasil crescem pelo 2º mês seguido em outubro, diz Abramat

SÃO PAULO (Reuters) - O faturamento da indústria de materiais de construção do Brasil em outubro cresceu pelo segundo mês consecutivo, puxado pelas vendas ao varejo e pela maior negociação de imóveis em algumas capitais brasileiras, informou nesta quinta-feira a associação que representa o setor, Abramat.

As vendas do setor em outubro subiram 3,7 por cento sobre igual período do ano passado e 4,2 por cento ante setembro. "A injeção de recursos públicos em obras e crédito imobiliário pode fomentar ainda mais, no curto prazo, esse princípio de recuperação", afirmou o presidente da Abramat, Walter Cover, em nota.

Nos 10 primeiros meses do ano, o faturamento ainda apresenta queda de 4,6 por cento na comparação com o mesmo intervalo de 2016, mas a associação observou que a retração nas vendas do setor vem diminuindo desde maio, quando era de 7,1 por cento.

O resultado acumulado até outubro já é melhor que a queda de 5 por cento projetada para o ano de 2017, destacou a Abramat. Em 12 meses, contudo, o faturamento ainda acumula baixa de 5,2 por cento.

A associação ainda não dispõe de projeções para 2018, mas adianta que o setor considera improvável uma nova retração nas vendas e já cogita pelo menos estabilidade.

"É cedo para sabermos até onde essa recuperação irá. Nesse momento é de suma importância que o país continue a reduzir sua taxa de desemprego, o maior responsável pela postergação de compras e do investimento privado", disse Cover no comunicado.

(Por Gabriela Mello)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos