Bolsas

Câmbio

Cenário de chuvas derruba projeção de preço spot da energia em 2017 e 2018, diz CCEE

SÃO PAULO (Reuters) - As projeções de um melhor cenário de chuvas na região das hidrelétricas, principal fonte de geração de energia do Brasil, derrubaram fortemente as previsões dos preços spot da eletricidade na reta final deste ano e em 2018, informou em videoconferência nesta segunda-feira a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

A expectativa hidrológica favorável também influenciou decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta segunda-feira de reduzir as cobranças adicionais das bandeiras tarifárias na conta de luz em dezembro. O custo extra nas tarifas no próximo mês será de 3 reais a cada 100 kilowatts-hora, contra 5 reais em novembro.

A CCEE reduziu a previsão de preço spot, ou Preço de Liquidação das Diferenças (PLD), para uma média de 326,42 reais por megawatt-hora em 2017, ante média de 356,63 reais nas projeções de novembro.

Já o preço spot médio estimado para 2018 caiu ainda mais, em quase 34 por cento, para 142,18 reais por megawatt-hora, contra 214,52 reais no mês anterior.

A previsão da CCEE para os preços spot de janeiro de 2018 agora está em 213 reais, contra 467 reais anteriormente.

Pela projeção do órgão do setor elétrico, os preços spot devem cair gradualmente até 113 reais em abril do próximo ano, registrando mínimas do ano de 110 reais em setembro, novembro e dezembro de 2018.

Antes, a CCEE via os preços caírem a 163 reais em abril do ano que vem, com projeção de 195 reais em dezembro de 2018.

(Por Luciano Costa)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos